em CASA DO FUTURO


“Quando um cliente nos diz que deseja uma casa aberta, levamos isso a sério”, diz o arquiteto australiano Andrew Maynard a respeito deste projeto no subúrbio de Melbourne. Radical, a reforma aumentou a área da residência ao incorporar o comprido corpo metálico de um antigo celeiro. Numa ponta do novo espaço, situam-se a cozinha e as salas de estar e jantar. Na outra, fica o estúdio de música do proprietário. Bem no meio do caminho, ao ar livre, deparamos com o jardim, o deck e uma solitária banheira sob a armação de aço galvanizado deixada exposta. “Trata-se de uma estrutura deliberadamente incompleta. Para atingir tamanha integração, empregamos painéis deslizantes e portas dobráveis nas partes fechadas.”

CASA AUSTRALIANA_FOTO1Voltada para o norte, a construção vê a luz natura desenhar nos ambientes faixas e sombras ao longo do dia. Medida sustentável, o telhado branco tem a função de diminuir o calor devolvido pela morada ao entorno, além de suavizar a temperatura interna.

CASA AUSTRALIANA_FOTO2Do jardim central o olha alcança a sala de jantar (ao fundo). Neste trecho, o volume de aço galvanizado surge totalmente revelado.

CASA AUSTRALIANA_FOTO3Do lado esq., o grande armário percorre jantar, cozinha e estar. Na face oposta o arquiteto usou portas de vidro. “Com painéis duplos, janelas e aberturas otimizam a entrada de sol, reduzindo a necessidade de aquecimento artificial.”

Fonte: Site Casa

Siga-nos e curta nossa página